O papel das empresas no combate à miséria

Na newsletter do Instituto Ethos que recebo semanalmente, encontrei um artigo do Paulo Itacarambi sobre o papel das empresas no programa Brasil sem Miséria. Olha os pontos que ele listou como a posição das empresas:

“As empresas participantes dessa iniciativa constituíram um grupo de trabalho que estabeleceu uma agenda de compromissos, entre os quais se destacam os seguintes:

• Identificar potenciais conexões entre as ações em curso das empresas e dessas com as metas de melhoria dos indicadores nos territórios;
• Contribuir para o desenvolvimento das competências de gestão das administrações públicas, visando promover transparência, ética e políticas públicas para o desenvolvimento territorial sustentável;
• Criar e participar de espaços de diálogo e coordenação de ações entre os atores promotores do desenvolvimento territorial sustentável, como, por exemplo, fóruns empresariais de apoio à prefeitura; e
• Propor modificações ou novas políticas públicas que contribuam para a melhoria dos indicadores nos territórios. ”

Também ele descreveu como ação das empresas as práticas de contratar jovens aprendizes e mulheres.

Sinceramente, achei muito pouco essa lista de ações. São ações vagas, abrangentes, superficiais.

Enquanto o combate à miséria não for um driver nas inciativas das empresas, direcionadoras de novos negócios, não haverá avanços significativos.

Espero que elas melhorem suas posições.

DC

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: