Olha, olha, olha, água mineral

Bebeu água, não!
Tá com sede, tô!
Olha, olha, olha, olha a água mineral
Água mineral
Água mineral
Água mineral
Do Candeal
Você vai ficar legal

Carlinhos Brown

No dia Mundial da água, diversas notícias saíram reportando a situação da água no Brasil e no mundo. “Acesso à água potável é questão de direitos humanos” noticia Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova York. “Quase 900 milhões sem acesso a água potável” noticia o a agência de notícias Envolverde.

Bom e a história do “Terra, Planeta Água”?

Planeta Água
Guilherme Arantes
Composição: Guilherme Arantes

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão…

Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população…

Águas que caem das pedras
No véu das cascatas
Ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos
No leito dos lagos…

Água dos igarapés
Onde Iara, a mãe d’água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão…

Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris
Sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes, são lágrimas
Na inundação…

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra…

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água…(2x)

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão…

Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população…

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra…

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água…(2x)

Como uma ironia, o Planeta Água possui um grave problema: a falta de água potável. Caro leitor, a pergunta que surge naturalmente aqui é: Mas por quê?

Continuando a pesquisa pela internet, temos:

“45 bi de litros de água no ralo”. Número refere-se à perda de água tratada em seis cidades da região em 2009; volume daria para abastecer dois municípios (link no final do post).

Esta notícia relata o desperdício de água nos município do ABCD de São Paulo. Imagina isso no mundo todo? Doeu essa não? O problema de você ser um questionador é que há perguntas que machucam.

Chegando ao ponto: O próprio homem produz o seu problema. Então é por meio dele que iremos resolvê-lo. Necessitamos de rever nossos hábitos.

Não vou mergulhar em mais perguntas pois o imperativo da mudança de hábito é urgente. Necessário. Neste dia mundial da água, faça uma reflexão: Em que posso mudar?

Estatísticas para refletir:

Para refletir I

Apenas 3% de toda a água do Planeta são próprias para consumo. O restante é salgada demais para ser consumida.

Dos 1,1 bilhão de pessoas, ou um sexto da população mundial, não tem acesso à água potável. A ONU calcula que por dia morram seis mil pessoas por doenças ligadas ao consumo de água contaminada.

No Brasil, em pleno século 21, apenas 51,3% das residências têm saneamento básico.

De acordo com a ONU, no mundo 1 bilhão de pessoas sofrem com o problemas de escassez de água.

A poluição industrial deixou de ser o único vilão da história. O maior problema hoje enfrentado, principalmente, nos grandes centros é a poluição doméstica. Dois milhões de toneladas de lixo são lançados em cursos de água todos os dias no mundo. Quanto aos efluentes industriais 70% são lançados sem tratamento adequado nas águas.

Em 2005, cerca de 2,8 bilhões de pessoas viviam em áreas onde o consumo de água excedia em 40% a capacidade dos recursos disponíveis. Este número poderá chegar a 3,9 bilhões em 2030, caso políticas mais eficientes não sejam adotadas de imediato.

Fonte: Jornal O Globo – 22/03/2009

Para refletir II

Embora o Brasil detenha 12% da água do Planeta, o país enfrenta problemas de distribuição desigual.

2,6 milhões de pessoas no mundo vivem sem saneamento.

US$ 56 bilhões são os investimentos previstos para novas plantas de dessalinização no mundo todo até 2030.

US$ 772 bilhões são a média anual de investimentos globais necessários para suprir até 2015 serviços de água e esgoto no mundo.

900 crianças morrem diariamente todos os dias por problemas ligados à água.

1,8 milhão de pessoas morrem diariamente por doenças de veiculação hídrica.

US$ 400 bilhões por ano é quanto movimenta o mercado global para infraestrutura de água e saneamento.

2 milhões de toneladas de lixo são lançadas em cursos d’água todos os dias.

24 milhões de quilômetros cúbicos de água doce do planeta se encontra sob a forma de gelo ou neve em regiões de montanhas, na Antártica ou no Ártico.

Cerca de 30% da água doce está no subsolo, em pântanos, no permafrost ou em bacias profundas a 2 mil quilômetros da superfície. Isso significa 97% da água em potencial do Planeta.

Cerca de 70% da água usada no mundo vai para a irrigação, 22% é empregada na indústria, 8% é consumo doméstico.

Cerca de 70% dos efluentes industriais, nos países em desenvolvimento, são lançados sem tratamento, em corpos de água.

2 a 4 litros é o consumo diário de água para cada pessoa, mas são necessários entre 2 mil a 5 mil litros de água para produzir a quantidade diária de alimentos por pessoa.

Entre 1991 e 2000 mais de 665 mil pessoas morreram em 2.557 desastres naturais, 90% desses eventos estavam relacionados com a água.

Em 60 das cidades européias com mais de 100 mil habitantes a água do subsolo tem sido utilizada a uma velocidade maior que a capacidade de reposição.

A população mundial de 6 bilhões de pessoas usa 54% de toda a água doce acessível e encontradas em rios, lagoas e aquíferos no subsolo.

O Painel Intergovernamental de Mudança Climática (IPCC) estima que a produtividade da agricultura que depende da chuva pode cair 50% em 2020.

Terras irrigadas no mundo somam 277 milhões de hectares, cerca de 20% de todas as áreas plantadas. Os outros 80% correspondem a agricultura que sobrevive da chuva.

A irrigação aumenta a produtividade das colheitas de 100% a 400% e culturas irrigadas respondem atualmente por 40% da produção de alimentos do mundo.

Desde 1900 o mundo perdeu metade das áreas pantanosas.

O setor alimentício é responsável por 40% dos poluentes orgânicos da água em países de alta renda e por 54% nos países de renda baixa.

Em 2025, 1,8 bilhão de pessoas estarão vivendo em países ou regiões com absoluta escassez de água e dois terços da população mundial viverá em condições de falta de água.

Fonte: World Water Assessment Programme, Food and Agriculture Organization (ONU), Global Environment Outlook (GEO-4), Human Development Report 2006, World Business Council for Sustainable Development, United Nations Environment Programme (Unep).

Publicado no Valor Econômico – Valor Especial Água – 03/2009 e Revista EU& -13/02/2009

Links para as matérias:

http://mercadoetico.terra.com.br/arquivo/acesso-a-agua-potavel-e-questao-de-direitos-humanos/

http://mercadoetico.terra.com.br/arquivo/quase-900-milhoes-sem-acesso-a-agua-potavel/

http://www.redebomdia.com.br/Noticias/Dia-a-dia/15458/45+bi+de+litros+de+agua+no+ralo

http://sabercuidar.org/?p=233

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: